Domingo, 05 de Julho de 2020 09:21
86 99574-7256
Política Economia

Wellington sobre socorro financeiro a estados: 'não cobre nossas perdas'

O governador do Piauí fez ressalvas e comentou o projeto de ajuda financeira aos estados e municípios sancionado por Jair Bolsonaro.

28/05/2020 18h42
Por: Redação Fonte: Portal o dia
Wellington sobre socorro financeiro a estados: 'não cobre nossas perdas'

O governador Wellington Dias (PT), em entrevista à rede CNN na manhã desta quinta-feira (28), comentou os efeitos do projeto de socorro financeiro a estados e municípios sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro. Para ele, o incremento vem num momento em que os entes passam por um momento delicado.

Leia também: Governo tem que socorrer empresas privadas após pandemia

"É claro que o auxílio aos estados não é apenas importante, como necessário. Ele evita o desequilíbrio de estados e municípios, o que seria nesse momento um dos piores do mundo. Seria antecipar o colapso, não apenas na área da saúde, mas também em outros serviços”, afirmou o gestor piauiense.

A ajuda deve amenizar uma parte dos impactos econômicos provocados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), quando os governos estaduais e municipais adotaram medidas para restringir o avanço da doença. "O Piauí no mês de abril teve uma queda nas receitas de ICMS na ordem de 38%”, pontuou Dias.

Ao todo, a União irá repassar R$ 60 bilhões para estados, que serão divididos respeitando determinados critérios, como população e número de contaminados pelo vírus. O governador petista lamentou que o método de rateio não tenha levado em consideração as perdas de receitas.

"O estado vai receber quatro parcelas de R$ 100 milhões, mas tivemos uma perda esse mês na ordem de R$ 180 milhões (...) o que vamos receber é apenas uma parte daquilo que tivemos de perda geral", explicou o chefe do Executivo piauiense, que apesar disso, aguarda a rápida liberação dos recursos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias