Domingo, 05 de Julho de 2020 11:38
86 99574-7256
Saúde COVID 19

Em 2020, a Covid-19 matou 59 vezes a mais que a gripe em Teresina

O dado foi divulgado nesta quinta-feira (18) e reafirma a alta taxa de letalidade da doença provocada pelo novo coronavírus. Ele tem como base o período de 29 de março a 28 de junho.

19/06/2020 14h43
Por: Redação Fonte: cidadeverde.com
Em 2020, a Covid-19 matou 59 vezes a mais que a gripe em Teresina

Muitos associam à Covid-19 a uma "simples gripe", e a Prefeitura de Teresina (PMT) aproveita essa situação para alertar aos teresinenses que o "número de mortes causadas pela Covid-19 em Teresina já é 59 vezes maior do que o registro de mortes por gripe ou influenza". 

O dado foi divulgado nesta quinta-feira (18) e reafirma a alta taxa de letalidade da doença provocada pelo novo coronavírus.  Ele tem como base o período de 29 de março a 28 de junho. 

"A doença causada pelo novo coronavírus já tirou a vida de 238 pessoas enquanto a gripe matou quatro pacientes durante todo o ano de 2020. Em três meses, o novo coronavírus já infectou mais de 5 mil pessoas em Teresina, enquanto apenas 104 casos de influenza foram notificados na capital durante todo o ano de 2020", informa  a PMT. 

O infectologista Walfrido Salmito, membro do Centro de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), explica que "a Covid-19 é uma doença bem mais perigosa que a gripe por ser mais contagiosa e letal. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que a taxa de mortalidade da Covid-19 já é 10 vezes superior à da Influenza”.

Salmito acrescenta que a cada dia tem-se verificando o aumento do número de casos da doença e, consequentemente, o número de óbitos. "A FMS tem tomado todas as medidas para atender a demanda, no entanto, se muitos adoecerem simultaneamente acontecerá um aumento súbito que pode acarretar em uma sobrecarga nos hospitais”, alerta. 

Diferenças

O médico esclarece que a Covid-19, causada pelo novo coronavírus, e a gripe, causada pelo vírus Influenza, são doenças respiratórias diferentes, que podem apresentar vários níveis: desde formas assintomáticas até problemas respiratórios graves e a morte. 

“Diferente da Influenza, ainda não existe vacina para a Covid-19. Por isso, precisamos cumprir o isolamento social, que é considerado até o momento a melhor forma de contenção da doença. Pedimos que todos usem máscara, lavem as mãos com frequência, mantenham o distanciamento de 2 metros das pessoas e só saiam de casa se for necessário”. 

Conscientização

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, usou as redes socias para mais uma vez pedir a conscientização dos moradores da cidade. 

"Para quem aprendeu a não ter mais medo da doença, por ver tantas pessoas curadas ou sequer sentindo algo mais grave, lembre: apesar de mais perigosa pra quem tem comorbiddae, a Covid-19 continua sendo uma grande incógnita. E a próxima vítima pode ser qualquer um de nós".

Firmino Filho lamenta a perda de tantas vidas que não conseguiram sobreviver as consequências graves da doença. "Se as famílias das 16 pessoas que se foram nas últimas 24h por Covid-19 em Teresina pudessem ser ouvidas nos quatro cantos da cidade, certamente falariam qued ainda tinham muito para viver ao lado de quem hoje se despedem".

O prefeito ressalta que "com o apoio da grande maioria dos que vivem em Teresina, conseguimos evitar uma tragédia ainda maior. Mas não tem sido suficiente. As UTIs estão cheias, o número de infectados só aumenta e continuamos correndo contra o tempo para cuidar de quem precisa". 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias