Domingo, 05 de Julho de 2020 11:25
86 99574-7256
Dólar comercial R$ 5,32 -0.55%
Euro R$ 5,97 -0.812%
Peso Argentino R$ 0,08 -1.053%
Bitcoin R$ 50.863,71 -0.789%
Bovespa 96.764,85 pontos +0.55%
Cidades VACINAÇÃO

Vacinação para crianças, professores e grávidas vai até terça-feira (30)

Em Teresina, a vacinação contra gripe está disponível em 65 Unidades Básicas de Saúde, Centro Lineu Araújo e Hospital Infantil.

25/06/2020 16h34
Por: Redação Fonte: cidadeverde.com
Vacinação para crianças, professores e grávidas vai até terça-feira (30)

Na reta final da Campanha de Vacinação contra a gripe, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) convoca todos os grupos prioritários que ainda não se vacinaram para que se dirijam aos postos de saúde até a próxima terça-feira (30). O chamado é especialmente direcionado às crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos, professores, gestantes e mães no pós-parto (até 45 dias), porque cerca da metade desse público ainda não foi imunizada.

Em Teresina, a vacinação contra gripe está disponível em 65 Unidades Básicas de Saúde, Centro Lineu Araújo e Hospital Infantil. 

“A vacina é composta por vírus inativado, é segura, previne a doença e também complicações de saúde. Nesse momento, alertamos que 37.228 crianças, 8.104 mil professores, 5.965 gestantes e 1.130 mães no pós-parto ainda não se vacinaram”, afirma a diretora de Vigilância em Saúde, Amariles Borba. 

Dados de sistema do Ministério da Saúde mostram que 215 mil pessoas já se vacinaram contra gripe em Teresina. Fazem parte também do grupo prioritário para a vacina: idosos, trabalhadores de saúde, pessoas com doenças crônicas, professores, adultos de 55 a 59 anos, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo e das forças de segurança e de salvamento.

A vacina não protege a pessoa contra o novo Coronavírus e sim contra a Gripe/Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem é viral. A transmissão direta de pessoa a pessoa é a mais comum e ocorre por meio de gotículas expelidas pelo indivíduo infectado com o vírus, ao falar, espirrar ou tossir. Há evidência de transmissão também pelo modo indireto, por meio de contato com a secreção de doentes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias