Segunda, 03 de Agosto de 2020 08:39
86 99574-7256
Dólar comercial R$ 5,22 1.151%
Euro R$ 6,14 +0.582%
Peso Argentino R$ 0,07 +1.262%
Bitcoin R$ 61.880,57 -1.892%
Bovespa 102.912,24 pontos -2%
Cidades DESABAMENTO

Fachadas de lojas desabam e Corpo de Bombeiros é acionado em Floriano

O incidente ocorreu por volta das 10h na avenida Bucar Neto, próximo a praça Sebastião Martins, no centro de Floriano.

28/07/2020 10h27 Atualizada há 6 dias
Por: Redação Fonte: cidadeverde.com
Fachadas de lojas desabam e Corpo de Bombeiros é acionado em Floriano

O Corpo de Bombeiros foi acionado na manhã desta terça-feira (28) após fachadas de lojas desabarem e deixarem presas funcionários. 

O incidente ocorreu por volta das 10h na avenida Bucar Neto, próximo a praça Sebastião Martins, no centro de Floriano.

O repórter Amarelinho, que está no local, informou ao portal Cidadeverde.com que a fachada de um loja caiu e afetou mais duas lojas.

A marquise de concreto caiu em cima de um carro, que estava estacionado na frente da loja e danificou também duas motos. 

Um amontoado de concreto impede a saída das pessoas que estão dentro da loja. O medo é que pode haver desmoronamento das lojas.

Equipes dos Bombeiros ajudam a retirar o material e acalma as pessoas que estão no local.

O sargento do Corpo de Bombeiros, José Wilson Ramos, informou que dois funcionários ficaram presos na loja. A equipe fez um acesso na parede para retirá-los do local.

"Com a queda da marquise a entrada da loja ficou obstruída e havia risco da rede elétrica está energizada e provocar um acidente", disse o sargento.

A Equatorial foi acionada e uma equipe fez o desligamento dos fios.

A retirada das pessoas da loja de roupas ocorreu por volta de 12h. 

"Com a rede elétrica desligada conseguimos abrir um acesso entre os escombros e a parede e os funcionários foram retirados. Ninguém ficou ferido".

O Corpo de Bombeiros acionou também a Defesa Civil do município para adotar as providências, já que existe risco de desabamentos. 

"Afetou a estrutura das duas lojas e de uma lanchonete ao lado que estava aberta, mas teve que ser fechada, devido o risco de desabamentos", disse o sargento Ramos. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias