Domingo, 27 de Setembro de 2020 04:18
86 99574-7256
Política Corrupção

A CORRUPÇÃO NO PIAUÍ É A REGRA?

PRÓXIMA TERÇA-FEIRA (15/09/2020), O TRIBUNAL DE CONTAS DO PIAUI (TCE-PI) RESPONDERÁ.

14/09/2020 08h58 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: amarantenet.com
A CORRUPÇÃO NO PIAUÍ É A REGRA?

Durante quase estes quase quatro (4) anos de gestão e a atuação dos vereadores no município de Amarante-PI foram feitas inúmeras denúncias relacionadas aos desmandos no governo do prefeito Diego Teixeira.  Após análises minuciosas dos auditores do Tribunal de Contas do Estado do Piauí – TCE/PI foi expedido um relatório que demonstra inúmeras irregularidades durante o ano de 2017, e que foi dado sequência durante anos posteriores e até a presente data, encontrando desde fraudes na contratação de empresas, como exemplo a empreiteira de construção civil CAMPEL Ltda, como valores grandiosos relacionados ao transporte escolar a um alvo da Polícia Federal no âmbito da Operação Topique.  Além disso verifica se no relatório da DFAM realizado pelos técnicos do tribunal de contas um gasto exorbitante com combustível no qual a empresa responsável tinha como sócio administrador o advogado do município que assinava também os pareceres para contratações das mesmas, quantidade esta que daria pra dá a volta duas vez ao planeta. Observada todas essas irregularidades, além de inúmeras outras que o Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas do Estado do Piauí em parceria com o Ministério Público Estadual e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) desencadeou no último dia 09 de setembro de 2020 a operação denominada CARTÃO VERMELHO na qual foi realizado 13 mandados de busca e apreensão foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em diversos lugares. De acordo com o Gaeco, a investigação visa desarticular um esquema de desvios de recursos públicos.

O resultado dessas buscas está baseado no cruzamento de dados que constam no relatório sobre a prestação de contas do exercício de 2017 da Prefeitura de Amarante, o qual trouxe à tona um material farto sobre possíveis irregularidades envolvendo a empresa Green Card Administradora de Crédito e o escritório de advocacia Marcos André Lima Ramos, assim podendo comprovar o esquema de desvios de recursos públicos e lavagem de dinheiro dentre outros, onde em 2017 o município de Amarante pagou a esta empresa mais 1,2 milhões de reais em combustível.

CONTUDO nos bastidores políticos de AMARANTE E DO TRIBUNAL DE CONTAS – TCE, o prefeito coloca que eu padrinho CIRO Nogueira já trabalhou a aprovação dessas contas de 2017 junto O CONSELHEIRO RELATOR JACKSON NOBRE VERAS, tendo o intuito de usarem esta aprovação diante da população da cidade para mostrarem que não devem nada, ou seja, no mínimo que é perseguição política. Fato este que não faz sentido depois de uma grande operação como esta CARTÂO VERMELHO que foi acompanhado por todos os portais e canais de televisão. Ressaltando, que estas este processo de julgamento no TCE foi colocado em pauta e com o voto favorável a APROVAÇÂO DAS CONTAS DE do conselheiro e relator JACKSON NOBRE VERAS no próximo dia 15 de setembro de 2020 (próxima terça-feira).

Na cidade o senador Ciro Nogueira afirmou ter repassados através de emendas dele e da deputada federal Iracema Portela mais de 14 milhões de reias, dinheiro que não é conseguido ser observado em obras na cidade já que o prefeito não fez nenhuma obra expressiva ou até mesmo da fundação já que foi se visto reformas e tinta. Na cidade muito se comenta do retorno destas verbas, as famosas “rachadinhas”.

FICA A PERGUNTA O TCE PI COMPACTUA COM OS DESMANTELOS QUE ESTÃO ACONTECENDO EM MUNICIPIOS DO PIAUÍ?

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias